Quem sou eu

Minha foto
PARÁ DE MINAS, MINAS GERAIS, Brazil
Muitas qualidades, muitos defeitos, mas é no equilíbrio que se leva a vida em frente. Desistir nunca, o ceú é o limite, e mesmo depois temos o espaço.

Mais Você-Ana Maria

Mais Você-Ana Maria

N.E.O.Q.E.A.V

N.E.O.Q.E.A.V
NUNCA ESQUEÇA O QUANTO EU AMO VOCE


MINHA MÃE ENIA

ENIA MELGAÇO

ENIA MELGAÇO

MÂE ,VOCÊ É UNICA PESSOA NO MUNDO QUE MERECE ESTA HOMENAGEM...

Toda e qualquer injustiça, revida com genuíno amor.Renuncia-se a si própria, não se importa com a dor.Quando ela se ajoelha, para pedir por um filho.Mobiliza o céu inteiro, que pára ante seu clamor.Oração de mãe Deus ouve, reconhece tal sentimento.Só ao Seu amor se compara tamanho desprendimento.Na vida dos filhos é benção, e do céu, a dádiva maior.Abre mão de seus anseios, jamais espera louvor.Do amor que lhes dedica nunca lhes imputa débitoVibra com suas vitórias, esquece o próprio mérito.Essa doce fera vive pra proteger sua prole.E se um deles se ferir, não há o que a console.Amor de mãe é pra sempre, como o amor de Deus.Com a força de uma leoa, ela defende os seus.Mesmo com a própria vida, disso não abre mão.Amor que nos impulsiona e acalanta o coração.


UM BEIJO CARINHOSO DE SUA FILHA
ZANZA

MÃE

MÃE
Mãe: palavra pequena, mas com um significado infinito, pois quer dizer amor, dedicação, renúncia a si própria, força e sabedoria. Ser mãe não é só dar a luz e sim, participar da vida dos seus frutos gerados ou criados. Obrigado por termos você

MINHA ETERNA PAIXÃO

MINHA ETERNA PAIXÃO

QUEM TE ENSINOU A NADAR?

terça-feira, 11 de novembro de 2008

MIRIAN MAKEBA





Miriam Makeba voz legendária do continente africano (Biografia)


JOHANNESBURGO (AFP) - A lendária cantora sul-africana Miriam Makeba, que faleceu na madrugada desta segunda-feira na Itália aos 76 anos de idade, foi uma das grandes vozes na luta contra o apartheid, compromisso que pagou com mais de 30 anos de exílio.

Nascida em Johanesburgo em 4 de março de 1932, filha de mãe suazi e pai xhosa, Makeba, que dizia não ter cantado nunca "para a política, mas sim para a verdade", começou a carreira muito cedo, se apresentando em casamentos e festas.


Sua trajetória internacional teve início quando, aos 20 anos, se uniu ao grupo sul-africano The Manhattan Brothers e adotou o nome Miriam, abandonando seu nome zulu, Uzenzile. Pouco depois formou seu próprio grupo, o Skylarks, integrado exclusivamente por mulheres.


Em 1959, inaugurou uma turnê internacional, tornando-se conhecida no ano seguinte no Festival de Veneza, quando as autoridades sul-africanas revogaram sua nacionalidade por ter participado do documentário antiapartheid "Come Back Africa".


Refugiou-se primeiro em Londres, rumando depois para os Estados Unidos, onde se tornou conhecida pela canção "Pata Pata", escrita em 1956, que fez enorme sucesso com várias gerações em todo o mundo.


Reconhecida por sua capacidade de misturar o blues, o gospel e o jazz com ritmos tradicionais africanos, Makeba alcançou a fama definitiva com "The Click Song" e "Malaika", dois dos mais de 30 discos que lançou ao longo de sua extensa carreira.


Suas músicas, no entanto, foram proibidas na África do Sul, devido às denúncias contra o regime racista sul-africano que fez perante a ONU em 1963.


A voz de Makeba celebrou todas as independências do continente africano, motivo pelo qual ficou conhecida como "Mama Afrika". Também cantou, junto com seu mentor, Harry Belafonte, no aniversário do presidente americano John F. Kennedy em 1962, lembrado pela sensual interpretação de "Happy Birthday, Mr. President" de Marilyn Monroe.


Em 1966, Makeba recebeu um Grammy pelo álbum "An evening with Harry Belafonte and Miriam Makeba".


Nos Estados Unidos, Makeba se sentia próxima de cantoras como Nina Simone e Dizzy Gillepsie.


Durante os anos 70 e 80, Makeba cantou em todo o mundo, participando de prestigiados festivais de jazz. Em 1987, participou da turnê Graceland, do cantor Paul Simon. Pouco depois, publicou a autobiografia "Makeba: minha história".


Seu primeiro marido foi o trompetista de jazz sul-africano Hugh Masekela. Posteriormente, uniu-se ao líder do movimento Black Power, Stokely Carmichael. Devido à militância ativa, ambos foram considerados persona non grata pelas autoridades americanas e se refugiaram na Guiné, mas acabaram se divorciando em 1973.


A única filha de Makeba, Bongi, nascida quando a mãe tinha 17 anos, morreu na Guiné em 1985. Depois de seu falecimento, a cantora decidiu deixar o país, e foi morar em Bruxelas.


Convencida por Nelson Mandela, em 1992 voltou definitivamente a seu país de origem, instalando-se no subúrbio de Johannesburgo. Lá, continuou lutando contra as injustiças e fundou um centro de reabilitação para adolescentes.


Em 2005, cansada de viajar, Makeba iniciou sua última turnê. "Devo passar pelo mundo todo para dizer obrigada e adeus", explicou na época em uma entrevista concedida à AFP, na qual também expressou o desejo de que suas cinzas fossem jogadas no Oceano Índico. "Assim eu vou poder viajar de novo para todos esses países", justificou.






Paul Simon & Miriam Makeba





Miriam Makeba - Pata Pata


Nenhum comentário:

Conquiste a Paz

Photobucket

Deficiência

Deficiência
Deficiente é aquele que não consegue modificar a vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

Células Tronco

Células Tronco

NOBREZA

NOBREZA

LIBERDADE

LIBERDADE
Porque a liberdade tem que ser uma conquista individual para depois se tornar um enorme plural...

LUNNA

LUNNA
UNA BELLISSIMA LUNA PIENA

Limitação

Limitação
Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: Quero é uma verdade inventada. Clarice Lispecto

OSHO

OSHO
"Cada um é único e incomparável. Você é apenas você mesmo: ninguém nunca foi como você e ninguém nunca será como você. E você também não precisa ser nenhum outro." OSHO

Como uma borboleta

Como uma borboleta
Mas o que realmente era preciso era pensamento positivo. Que poderia ser livre, bem aceita, e voar leve, por onde desejasse. Que pensasse em ser borboleta o tempo todo e tudo poderia ir mudando, até que, mais rápido do que ela imaginasse, ela sairia do casulo, como uma borboleta.

AMOR

AMOR
O ódio revela muita coisa que permanece oculta ao amor. Lembra-te disso e não desprezes a censura dos inimigos.

COLO DE MÃE É UMA DELICIA!

COLO DE MÃE É UMA DELICIA!

PRECE A MÃE TERRA

PRECE A MÃE TERRA
foto

Secret

Secret

Relogio

relojes web gratis

clima

pais on line